Bio

Eduardo Rajabally

Eduardo Rajabally é documentarista, diretor de séries para tevê, roteirista e jornalista. Há 25 anos na profissão, já conduziu cerca de três mil entrevistas, dirigiu 13 documentários e mais de 350 episódios de programas para a televisão, tendo filmado em todos os estados brasileiros e em diversos países da Europa, da América Latina, na Ásia e nos EUA. Criou e dirigiu para canais como BBC, TV Globo, GNews/GloboFilmes, NatGeo, Discovery Channels, HBO, GNT, Multishow, AXN/Sony, A&E, Animal Planet, Canal OFF, TV Cultura, Canal Cuatro Espanha, TVI Portugal, Telecine, TVE, TV Brasil, ESPN e Eurochannel.

Possui extrema sensibilidade para histórias delicadas e emocionais, que constrói com simplicidade e depoimentos inspiradores. É especialista em temas brasileiros, históricos e socioambientais de alcance mundial, e investigações complexas.

Estes são alguns de seus trabalhos mais importantes: o documentário longa-metragem Vida em Movimento (TV Globo/GNT/Cinemas), rodado em 6 países e que fala da epidemia mundial de sedentarismo; o Doc-TV A Reinvenção do Futebol Arte (ESPN), que investiga os caminhos do futebol brasileiro atual, filmado no Brasil e na Europa; o documentário Para Gostar de Ler, que investiga a relação entre a leitura e o mundo imaginativo das crianças; a série documental Outros Tempos – Velhos (HBO), que de forma intimista faz um retrato da velhice no país; a série documental Câmera Selvagem, que utiliza tecnologia de ponta para filmar animais selvagens em locações exóticas; a série documental Médicos, totalmente filmada dentro do Hospital Albert Einstein; o game show The Brain/Os Incríveis – O Grande Desafio, formato criado e produzido pela Endemol para o NatGeo; o documentário Peão – A História de Todos, a História de Um, que narra a extraordinária trajetória de um campeão, filmado no Brasil e nos EUA; a série Missão Extrema, rodada em locações exóticas da América do Sul para o Discovery Channel; a segunda e terceira temporadas da série Tabu Brasil, que trata de temas polêmicos e fortes de maneira sensível e profunda; o multi-premiado documentário Amazônia Desconhecida, que vive diversas realidades na mais extraordinária floresta do planeta; a série Resgate Animal, sobre a diminuição dos habitats dos animais selvagens e crescimento das áreas urbanas, colocando muitas espécies em perigo; as três temporadas da série documental Até Que a Morte Nos Separe, sobre os principais crimes passionais brasileiros; o doc-tv 1981 – O Ano Rubro Negro, que celebra os 30 anos do campeonato mundial de futebol pelo Clube de Regatas do Flamengo; a série O Brasil é Aqui, um programa de viagens pioneiro no país, que esteve em todos os estados brasileiros; o documentário Europa Paulistana, semi-finalista do Emmy Awards International em 2007; o documentário Caixa Mágica, que conta a história da imigração árabe no centro de São Paulo; a série Brazil Amazing Tour, filmada nos nove estados do nordeste e exibida apenas na Europa; a série de programas sobre música brasileira Ensaio Geral; o programa de variedades Circo do Edgard; a série Mobilização Brasil, vencedora do prêmio Vladimir Herzog de Direitos Humanos; o documentário Cabeceiras do Xingu, sobre os povos indígenas do Parque do Xingu, e o reality show Diário de Bordo, que viveu intensamente a vida de sete pilotos durante o maior rally das Américas, o Rally dos Sertões.

Atualmente, além de divulgar seu novo filme, o longa-metragem Um Presente à Prova de Futuro (GloboFilmes/GNews), rodado nos Países Baixos e no Brasil, com narração de Lenine, Rajabally é o diretor de cena do filme Brazil: One Virus, Two Worlds da BCC de Londres, que conta a história da relação entre patroas e empregadas durante a Pandemia mundial e período de quarentena no Brasil.

Um projeto autoral, chamado Dentro dos Dias, ligado à Pandemia do COVID-19 e envolvendo personagens em mais de 15 países, já está em fase de finalização, com lançamento previsto para 2021.

No futuro próximo estão projetos sobre os desastres ambientais de Mariana e Brumadinho e sobre o tráfico internacional de crianças.